Tratamento de varizes com espuma

Tratamento de varizes com espuma

Autor: Dr. Victor Hugo

Médico vascular, especialista no tratamento de varizes e outras doenças vasculares, atuante em Fortaleza, Ceará.

O tratamento de varizes com espuma é um potente método para o tratamento de veias defeituosas e vasinhos. Ele tem a capacidade de substituir a cirurgia tradicional de varizes, não senho necessário realizar cortes, anestesia ou internamento. Ele é realizado no próprio consultório médico.

Quem pode fazer esse tipo de tratamento?

Qualquer pessoa que sofra com problema de varizes é um possível candidato ao tratamento com espuma, pois ela tem a capacidade de agir em todos os estágios da doença. Porém, todos os pacientes antes de serem realizarem esse procedimento necessitam de uma avaliação médica para saber se não existem contra-indicações ao método.

Contra-indicações

Pessoas acamadas, com histórico de trombose venosa profunda recente, alérgicos à espuma, grávidas e portadores de sopro no coração em decorrência de uma doença chamada de forame oval patente, não podem realizar esse procedimento. Dessa forma, é fundamental um avaliação minuciosa com o seu médico vascular antes do procedimento.

Indicações

O tratamento é indicado para todos os tipos e tamanhos de veias defeituosas e varizes. É também um excelente tratamento para pacientes portadores de doença venosa crônica avançada, como pacientes que já possuem alterações de pele e úlceras venosas. No meu consultório, em Fortaleza, dou preferência ao uso desse método para pacientes que já apresentam estágio avançado de varizes, que possuem úlceras venosas, que não desejam se submeter à um procedimento cirúrgico ou para casos refratários e de difícil tratamento (paciente que já realizaram vários tratamentos e tentativas de eliminação das varizes, mas não tiveram sucesso), pois é um tratamento bem mais potente do que a aplicação (escleroterapia) convencional.

Quais as etapas do tratamento?

No meu consultório, todos os pacientes com problemas de varizes, passarão por 4 etapas, são elas: avaliação clínica, diagnóstico e planejamento, tratamento e manutenção. Dessa forma, consigo organizar o atendimento e atingir excelentes resultados, pois uma boa avaliação clínica, diagnóstico e planejamento são essenciais para o sucesso no tratamento de varizes e para que você recupere a saúde e beleza das suas pernas.

Avaliação clínica

Na consulta médica é onde irei avaliar quais as suas expectativas com o tratamento, se já foram realizados tratamentos anteriores, se você apresenta sintomas decorrentes das varizes e principalmente se existem alguma contra-indicação ao tratamento de varizes com espuma.

Diagnóstico e planejamento

O diagnóstico inclui uma avaliação de todas as veias defeituosas e possíveis existência de veias nutridoras que são veias que se não forem retiradas são responsáveis por falha no tratamento e por as varizes “voltarem”. Essa etapa inclui dois momentos: fleboscopia ou avaliação com realidade aumentada e a realização de um ultrassom doppler venoso (realizado no próprio consultório) para avaliar todas as veias profundas e assegurar que agiremos na raiz do problema.

Após uma avaliação clínica minuciosa e o diagnóstico correto do problema com a fleboscopia e o ultrassom, conseguirei passar um planejamento personalizado para o seu caso (nenhum caso de varizes é igual), nesse planejamento irei recomendar o tratamento de varizes com espuma se esse for o melhor método para o seu caso ou então outros métodos como escleroterapia ampliada, CLaCS, laser, endolaser, radiofrequência, etc.

A avaliação clínica, diagnóstico e planejamento são todas realizadas no mesmo dia da consulta, de forma que você já saia do consultório sabendo tudo que precisa para se ver livre das indesejadas varizes.

Tratamento

Após a avaliação e tratamento será agendado o dia para inicio do seu tratamento. Em alguns casos o tratamento já pode ser iniciado no mesmo dia da avaliação. Explico sobre como ele é feito mais abaixo nesse artigo.

Manutenção

Varizes é uma doença crônica e sempre recomendo aos meus pacientes que realizem uma manutenção pelo menos a cada 2 anos, dessa forma conseguimos manter sempre as pernas bonitas e saudáveis.

Como é feito o procedimento com espuma?

A espuma é feita através de um medicamento esclerosante com o ar ambiente, assim conseguimos uma mistura que tem alto poder de tratar as veias e varizes defeituosas. Essa espuma é aplicada diretamente nas veias doentes mais superficiais e nas mais profudas (no caso da veia safena) com o auxílio de um ultrassom. A espuma vai gerar uma esclerose naquela veia doente que irá ser fechada, restabelecendo a circulação normal e tratando as indesejáveis varizes.

Quanto tempo dura?

O procedimento dura em média 40-50 minutos e o tratamento todo dura certa de 3 meses em média, sendo necessário de 3-4 retornos, mas esse número pode variar muito de acordo com a quantidade de vasos e varizes que necessitem de tratamento.

Sempre solicito aos meus pacientes que retornem com 3 e 6 meses para realizar um novo ultrassom doppler venoso e avaliar toda a circulação e garantir que as veias doentes foram tratadas.

Existem efeitos colaterais e complicações do tratamento de varizes com espuma?

O tratamento de varizes com espuma é muito seguro e eficaz, porém devem ser adotados cuidados na hora da aplicação e acompanhamento dos pacientes para evitar ou diminuir a chance de complicações.

A principal complicação desse tratamento é o risco de manchas que podem acontecer em 10-30% dos pacientes que realizam, felizmente 90% dessas manchas tendem a desaparecer em um período de até 1 ano.

Outras possíveis complicações, porém raras são: anafilaxia e trombose que apesar de ser bem mais raro de acontecer no tratamento com espuma do que na cirurgia, ainda pode ocorrer por isso precisamos seguir alguns critérios no tratamento para minimizar as chances de complicação.

Quais cuidados eu preciso ter após o tratamento com espuma?

Diferente da cirurgia, após o tratamento com espuma é proibido o repouso. Sempre recomendo aos pacientes que logo após a aplicação de espuma realizem uma caminhada por 20 minutos, isso mesmo, acabou o procedimento e o paciente precisa se movimentar, essa é também uma das grandes vantagens desse procedimento, não precisa de repouso e não precisa de ausentar das suas atividades diárias como trabalho, atividade física e etc.

Evitar exposição ao sol, pois durante o tratamento, a exposição solar pode aumentar o risco de deixar manchas.

Não faltar os retornos, pois em alguns casos serão necessários realizar drenagens em alguns locais específicos para evitar a formação de manchas e conforto do paciente.

Qual o preço do tratamento de varizes com espuma?

O preço do tratamento vai depender muito da necessidade do pacientes, quantidade de veias que serão tratadas, necessidade de tratar a veia safena, duração do tratamento, de tal maneira que só após uma avaliação e diagnóstico podemos estimar os valores.

Conte conosco

Espero ter esclarecido boa parte das dúvidas sobre o procedimento, caso ainda tenha mais alguma pergunta não hesite em entrar em contato conosco! Se quiser falar diretamente comigo, posso ajudar pelo instagram clicando AQUI

Pessoas também leram esses artigos…

0 comentários

Trackbacks/Pingbacks

  1. Veia safena magna: quando e como tratar? - Victor Hugo Vascular - […] Tratamento de varizes com espuma […]

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *